domingo, 16 de novembro de 2014

Eu aqui sem foder nada

...
Neste meu pensar intenso
Penso em sexo pois então
Nem sei como aguento
Quase estoiro de tesão

Esta minha veia danada
Que sei não ter perdido
Pensa dar uma foda coitada
Mas eu é que sou fodido

Já nem sei quem me acode
Pois sexo não abunda
O meu sexo tudo fode
Nem que seja velha corcunda

Fodem todos velhos e velhas
Fode toda a rapaziada
Fodem os cães e as cadelas
Até se fode o cu das donzelas
E eu aqui sem foder nada
...

11 comentários:

  1. Hummmmmmm....delicioso desejo... que tesão... kkkkkk

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A intenção é mesmo essa.Que as pessoas gostem do que vêem e se sintam excitadas a nível mental e sexual.

      Eliminar
  2. Parabens pelo inicio do blog,e tambem pela vossa visita,serei um visitante assíduo,

    Beijos e abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelos votos e pela visita.

      Volte sempre

      Eliminar
    2. Obrigada GANDALF, pela sua carinhosa visita, visitarei.

      Beijos poéticos

      Eliminar
  3. Afa...! Que delícia
    ficar aqui pensando
    no seu falo hirto
    entre pensamentos de malicias
    vou me masturbando...
    Penso nele cerdoso
    com os dedos vou me tocando
    num vai e vem muito gostoso...

    Afa...! Penso nele ereto
    e meus dedos já molhados
    adentram meu rabinho direto
    aproveitando-os encharcados...

    Afa...! Penso nele rijo em minha boca
    lambuzado em minha língua
    tão profundo que fico rouca
    desfalecendo estou à míngua...

    Afa...! Penso nele retesado
    tão duro que chega doer
    e em meus toques apertados
    grito e gozo de prazer!!

    Afa...! Só penso nele...!


    CléiaFialho
    Grata pois pela visita. Excelente começo este seu. Visitei e fiquei.

    вєιנιηнσѕ ρσétι¢σѕ ∂α ℓєσα...
    =';'=

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poema maravilhoso a fazer viajar a imaginação poética. Obrigado pela visita e pelo carinho deixado através do seu poema cheio de tesão e beleza.

      Volte sempre

      Eliminar
    2. Este poema é pura tesão... :-)

      Beijos poéticos

      Eliminar
  4. Fantástico poema para iniciar o blogue,super,super adorei Maxmen,muito encantador!!

    ResponderEliminar