sábado, 31 de outubro de 2015

Um lanche entre duas amigas, termina num delicioso 69, em tarde de Halloween.

Esta tarde eu e a minha amiga Ariel Antonieta, combinámos um lanche em sua casa. A Ariel é uma miúda linda, lourinha, olhos verdes, muito fogosa, meiga, que irradia sedução. É uma amiga de verdade, com quem gosto de conversar e confiar as minhas preocupações, incluindo até as intimidades.
Antes do lanche estivemos conversando cenas e coisas banais do dia a dia, A verdade é que, entre sorrisos, e até alguns olhares de malícia, quando demos por ela, estávamos quase despidas, no sofá, a trocar carícias sensuais. Confesso que delirava com a massagem da Ariel em meu sexo que explodia de desejo
Os mútuos carinhos tornaram-se obrigatórios, cessando as palavras entre nós, pois algo mais excitante estava a acontecer. Já nuas, despidas de preconceitos, deixámos que os nossos lábios continuassem colados, em doces beijinhos, desfrutando do total prazer, enquanto que a Ariel acariciava o meu clitóris que estava em chama ardente.
Num ápice, estávamos envolvidas num carinhoso e sedutor 69, posição que. nos levou às nuvens, circundadas por arco-íris, em cores de luxuria e erotismo, onde os nossos gemidos, eram o som mais belo das nossas línguas que, massajavam os nossos sexos, em notas musicais de prazer, acontecendo de forma natural e espontânea, um delicioso orgasmo em simultâneo.

Quando saciadas sexualmente, tomámos um duche juntas, lanchámos, e agora, à noite, vamos as duas brincar ao halloween, satisfeitas e felizes.

Gostava que comentasse 

Encontro com o melhor amigo, com oral delicioso e sexo gostoso.

Num momento romântico com o meu melhor amigo, em que, um pelo outro nutrimos uma química. Marcámos um encontro em casa dele, e as coisas aconteceram. Como tinha tanta vontade dele, tomei eu, conta do ato, começando por acariciar serenamente o seu enorme mastro, já teso, escaldante.

Não me contive, não fiquei apenas pelo oral, que, serviu de aquecimento, para nos deixar loucos, enquanto ele me beijava e me sussurrava ao ouvido, eu, com arte e tesão cavalguei-o até o sentir explodir no fundo das minhas entranhas, sufocando o grito do meu orgasmo...e com vontade de não mais acabar.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Ambos no banho em ginástica Sexual..

Sempre me fascinou fazer amor quando estou no banho. Sentir a água a cair sobre as costas e as vibrações corporais da mulher é de um erotismo sem limites. Fazer amor de pé é outros dos meus fetiches. Para o meu gosto não existe sensação maior e melhor.

Pegar nas pernas da mulher e elevá-la num vai e vem origina uma introdução divina, majestosa, difícil de explicar. É um gozo tremendo em que tanto o homem como a mulher se sentem levitar dando ao ato um desejo de não mais acabar.

É evidente que estas posições exigem alguma força de braços e muita técnica. Quem a tiver e desejar experimentar estas sensações, na minha opinião, únicas, acredito que as vai repetir muitas e muitas vezes.

Gostava que comentasse a fim de saber a sua opinião sobre as imagens expostas.
.

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

O Tamanho do canhão, num delicioso sexo

Momentos deliciosos e cheios de tesão
Que meu amigo me ofereceu, como prenda
Surpresa fiquei, com o tamanho do seu canhão
Que entrou ferozmente na minha fenda
.
Senti-te bem fundo das minhas entranhas
Com tal prazer que me deixa a gemer
Só tu me consolas acariciando as coxinhas 
Só tu sabes, a melhor maneira de me satisfazer
......

Uma ritual dança no sexo gostoso.

Cavalgo-te, perdida de tesão, e tu cedias ao meu corpo, que dança apenas só para ti, e num ritmo cheio de prazer deixo-te louco... tão louco que de seguida me devoras outro recanto do meu corpo.
Dançavas tu, de baixo para cima, num ritual desejado por nós, e com classe de um bom par que dança, acompanhas-me na musica que nos faz suar de prazer e explodir de tanta tesão. Dança, leva-me ao meus limite. faz-me morrer de prazer...

Se gostar comente...
Está aberto a todos.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Anal com carinhos vaginais ...


.....................
Um olhar, um imaginar, e deixar-nos levar
Pelos momentos que nos dão mais prazer
Seja no ânus, na gruta, o que nos faz delirar
Gostas de me sentir, soltas gritos de tesão
Penetro-te. Afago-te. Ouço-te gemer
Acaricio-te com meus dedos e ao olhar
Sinto-te doida, como quem se vai perder
E no final soltas um orgasmo vaginal
Entre tanta luxuria tudo me faz prever
Que expludo em ti, em delirante ritual.
.............

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Um trabalho de sexologia que acabou num delicioso oral...

Convidei o Ricardinho Antunes, para me ajudar a fazer um trabalho de sexologia, ele é um entendido na matéria...Só que depois quando acabámos o trabalho ele pediu-me para meter em prática as coisas que eu sabia, ou, que era capaz de fazer. Foi então quando dele não quis mais nada, apenas saborear o seu pau, que há muito me perturbava, pela saliência na sua roupa...Ele aceitou de bom agrado como não podia deixar de ser, sussurrava-me que estava num delírio e que ia explodir na minha boca...
E explodiu, satisfazendo-se na minha boca sequiosa, atrevida e marota... Assim concluímos o nosso trabalho de sexologia, metendo em pratica o que estava apenas na teoria. O Ricardinho é realmente, um rapaz bem dotado, e com uma força na mangueira que quando se "abre" é uma enchente. E assim ficou concluindo o nosso trabalho, com marcações para uma próxima...

Gostou desta "aula"?
Comente.

Eu e os meus dois amigos...totalmente devorada.

Eu e os meus dois amigos, numa sessão 
De luxuria, cumplicidade e carinho
Totalmente devorados pelo tesão
Que nos provoca aos três neste cantinho

Devorem-me,  façam de mim vossa escrava
Quero mostrar-vos todo este meu prazer
Quase explodindo de tesão, não esperava
Só vocês me fazem soltar o orgasmo a gemer

Sirvam-se do meu corpo carente de sexo
Desejoso de vós, que me levam à lua
A tesão faz-nos dizer palavras sem nexo
Quero que me devorem completamente nua
....

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Um grito orgasmico na fúria de uma águia

Momentos deliciosos e luxuriantes que passei ontem à noite com o Gil. Depois do jogo de futebol, ele é sportinguista, eu não, mas tínhamos combinado o nosso encontro depois do jogo...Eu estava tão furiosa pela  minha equipa ter perdido que, de tão furiosa, e já que tinha perdido esta batalha, eu tinha de ganhar "outra", e assim foi... Não lhe dei hipótese de outra coisa, cavalguei-o com uma águia enfurecida, ressabiada só parei quando em cima dele, soltei o meu grito orgasmico... e assim por momentos esqueci o jogo. 

A minha primeira vez, em sexo anal.... delicia....

Quando o meu namorado me pediu pela primeira vez que fizéssemos  sexo anal, eu tinha medo, embora tivesse vontade de experimentar. Ele é muito delicado, carinhoso e compreensivo, arranjou também para o momento um bom creme, bem gorduroso. o que facilitou a coisa. Claro que neste caso, deveríamos usar o preservativo, mas eu tinha feito uma lavagem retal e apenas íamos fazer sexo anal.
Bem, esta deliciosa "tarefa" levou algum tempo, para descontração, mas como era de muita vontade minha, tentei estar o mais relaxada possível. Acabei por adorar o momento, e não queria acabar... Foi bom demais. Agora quando fazemos amor, não dispensamos um delicioso anal, mas, com prevenção.
Gosta de sexo anal?

domingo, 25 de outubro de 2015

Eu, o meu namorado e a Juliana..momento escaldante.

Eu e o meu namorado conhecemos a Juliana Afonso  numa feira de exposição de produtos eróticos. Ela tinha uma barraquinha de produtos variados e muito interessantes.. Depois de alguma conversa sobre como usar certas coisas, ela deixa escapar que é bissexual, e que nos achou um casal interessante  para entrar numa brincadeira a três... Eu e o meu namorado olhámos um para o outro, e se ele não se importasse, eu concordava. Assim foi
E enquanto eu e o meu namorado nos beijávamos, e Juliana Afonso o ia masturbando, em simultâneo ela acariciava o meu clitóris, que se excita sempre que sente a língua trabalhadora de uma menina , confesso que adorei, o momento que nos deixou totalmente fora de nós...nunca os dois juntos tínhamos alinhado num momento como este... uma verdadeira tesão...

Acontece que de repente surgiu-me a vontade de abrir as perninhas suaves da Juliana e lhe retribui com a minha deliciosa língua, sôfrega, e cheia de vontade de a sentir gemer até soltar o seu elixir num só grito de tesão, enquanto o meu namorado acabou por se masturbar sozinho só por nos ver. No final confessei-lhe que era também bissexual. Eu gosto e o meu namorado também.

Gostou? Comente.

sábado, 24 de outubro de 2015

Uma primeira vez...Um Motel... e sexo com amor aconteceu...

A primeira vez que fiz sexo com o meu amigo e actualmente namorado, foi um dia que jamais esqueço. Foi num motel, reserva feita por ele, fiquei surpreendida, pois não esperava, pensei que me levasse para o seu apartamento. Bem, confesso-me um pouco tímida, mas ele, o Francisco Silves, com o seu jeito amoroso e sedutor e já entendido na matéria tentou pôr-me à vontade, com os seus carinhos. Carinhos esses que me deixaram totalmente descontraída e  com uma vontade enorme de fazer amor com ele...
Como Homem carinhos e atencioso que é, deixou que fosse eu a escolher posições, mas as coisas foram acontecendo naturalmente, claro, só mostro dois dos nossos vídeos, autorizado pelo Francisco Silves, mas, no que diz respeito a sexo fizemos tudo, menos o sexo anal, que nunca fiz, mas prometi-lhe que na próxima já estaria mais preparada para tal acontecer. O quarto estava bem eliminado, mas preferimos ficar de luz apagada, porque tínhamos a claridade das portadas. Acabamos, com esta posição, ele gosta muito e eu também, viemos-nos ao mesmo tempo, o que foi bom demais, e o mais importante foi ele ter esperado por mim, coisa que nem todos os Homens o conseguem fazer.

E Você? Costuma esperar pela sua companheira?
Xana.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Fernandinha. Moça tímida...tão atrevida sexualmente.

Estando numa de recordações atrevo-me a falar da Fernandinha, namorada que tive quando tinha 23 anos de idade. Passaram 10 anos. Moça simples, muito tímida na sua vida particular, diária e privada, com excepção da parte sexual.
Uma bunda gigante em um gif porno
Na 1.ª vez que estivemos juntos numa situação mais ousada, deixou-me fortemente excitado quando a vi, numa posição de quatro. dando palmadinhas na sua nádega, chamando-me para junto de si a fim de apreciar tão maravilhosa imagem. Belisquei-me para sentir e ver que não estava a sonhar.
sexo anal
Quando me pediu que fizéssemos um anal pois queria experimentar, até me arrepiei de tanta tesão. Disse ser uma fantasia que vagueava pelo seu imaginário, Não hesitei. Devagarinho, com muita meiguice, usando vaselina que ela já tinha passado anteriormente pelo ânus, iniciei a penetração para seu e meu delírio. Bom de mais.
Quis terminar na posição mais usual entre dois parceiros pois era nessa posição que melhor atingia o orgasmo. Acedi de imediato. Gozámos os dois de forma louca e interminável.

Tenho saudades dela. Não sei por onde andará. Espero que seja muito feliz.
.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Um lanche luxuriante, erótico...inesperado.

O meu amigo misterioso, pediu-me um lanche em minha casa, pois bem, aceitei de bom agrado, vesti roupa agradável e prática para tirar, para não correr o risco de sujar durante a refeição.
À sua chegada, brindei-o com o melhor que podia, e tinha...ajoelhei-me a seus pés e pedi-lhe desculpas por não ter realmente preparado o lanche, que ele esperava...Ou talvez sim, talvez fosse o lanche que ele nunca teve...
De seguida, já cansada, precisava de me sentar e respirar fundo... Sentei-me no seu sofá, de elevador silencioso, gostoso... que para cima e para baixo, atenuou a fome que trazia quando chegou a minha casa.
E assim nos deliciamos com um lanche de luxo, diferente que nos saciou a libido e nos animou a alma.

Carícia em oral, e explosão.


 
Acariciava teu pau, duro, erecto, que fervia de tesão entre meus pezinhos de lã que num vai e vem enfurecido, te deixava tão louco que num devaneio me pedes para mostrar o valor da minha boca marota, que demonstrava vontade de te sugar carinhosamente até te levar ao verdadeiro momento de tensão, não aguentas o calor da minha boca, frenética e soltas a explosão, como se tratasse da lava que escorre, e se saboreia em meu rosto, deixando-nos rendidos satisfeito
Comente!
 

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Momentos de amor e sexo com o filho do Patrão.

Trabalho numa casa particular,  de um Presidente da junta da minha Freguesia, que por razões óbvias não vou aqui referir o nome...Em casa, vive com eles o seu filho, Nuno Varela, filho único, solteirão, e já quarentão...espalha sedução por toda a casa... então...
Fui surpreendia por ele,  Nuno Varela, que esperou os pais saírem de casa para  me  abordar, da forma mais carinhosa e sedutora. Confesso que ele sempre que olhava para mim, deixava-me desconfortável, incomodada, mas, porque eu sentia um certo "frenesim" por ele, era um misto de pensamentos e sensações . Depois de uns beijinhos, abraços e umas boas apalpadelas, eis que me armei em atrevida, já nua,  ofereci-lhe um deliciosos oral, ele tinha saído do banho, o que facilitou as coisas.... escolhemos ficar mesmo pela cozinha...
Depois de lhe ter oferecido carinhosamente a minha boca esfomeada, carente e apressada, puxei-o para cima da bancada, onde diariamente ali trabalho e arranjo todos os alimentos para eles.., E por isso quisemos nós saborear, e acabámos por fazer amor como se mais nada existisse à nossa volta. O Nuno Varela, é de facto um bom fodelhão. porque será que não tem mulher? Será porque assim é livre e tem sempre quem ele quer sem se incomodar? Confesso que ele me fez subir ao pico da montanha, dando-se assim a verdadeira explosão.


Se gostou...deixe como forma de carinho, o seu comentário!

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Uma boca pequena... para tão grande animal...

Apressávamos-nos, nos nossos momentos
Onde tu e eu na mesma direcção
Nos deliciávamos em simultâneo, não lentos
Onde  só tu me provocas tesão 
.
Boca pequena para tão grande material
Que deixa me louca e entezoada 
Para que me devores como um animal
Minha greta esfomeada,  já orvalhada.
....
Gosta?
Comente!

Aniversário...duas amigas tocando piano, com os seios.

No dia do aniversário do nosso amigo Nicolau, eu e a minha amiga Natacha , convidámos-lo para o nosso sofá, ou seja, um pequeno lanche no jardim da Natacha...Claro, prenda não havia, mas eu e ela demos-lhe um belo presente...Ele já nos conhece bem, e sabe que somos loucas,  que o tratamos bem... Penetração não houve, porque mais importante que isso são os carinhos e os preliminares, ele é muito meiguinho e acarinha-nos também, mas, nesse dia fizemos dele o que ele não esperava de nós. Ficou muito feliz pelo seu presente de aniversário que chegou aos 40 anos, com duas beldades perdidas no seu belo mastro que se soltou deixando-o aliviado e feliz.

Como é bom ter uma amiga assim, a de verde...

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Caricias Sensuais de amor e sexo em ejaculação prazerosa.


Muitos homens ainda se inibem de ter e dar prazer oral à companheira. É um erro crasso pois não sabem o que perdem e fazem a companheira perder. É uma doçura passar a língua por uns lábios vaginais pertencentes a um sexo bem depiladinho e ouvir os gemidos de prazer da mulher. Loucura total.

Bem quentinhos após o sexo oral é bom variar a posição sem ser o homem por cima ou por baixo. Colocar a companheira de ladinho, acariciando o seu corpo com uma das mãos enquanto ocorre a introdução, é umas das mais belas maravilhas do sexo a dois. Entrega mútua em prazer delicioso

É delirante quando ocorre o orgasmo. Ambos os parceiros gozam com o acto havendo muitas mulheres que gostam de sentir o elixir do prazer a molhar os lábios vaginais e o clitóris. Sentir o quentinho da ejaculação e os impulsos do parceiro, dá à mulher um gozo que muitas vezes até pode levá-la a novo orgasmo.
.

domingo, 18 de outubro de 2015

Oral .. elixir.. apetites de te devorar...

Não me fiz rogada, quando me o piscavas o olho, fazendo-me sinal com o teu pau teso, já a sair fora da roupa, não quis mais nada, quis com as minhas mãos atrevidas, arrancá-lo para fora, acariciá-lo com a minha boca faminta, marota, já carente
Mas no meio de tantos carinhos, entre sussurros e gemidos, e a tesão, que nos torturava a mente, depois de tantos miminhos te oferecer, deixei-te louco, desvairado, "mal disposto", explodindo o mais belo elixir, a lubrificação da minha boca. Não me fiz rogada, ao teu mastro grande e doce...
.............

Orgasmos loucos... nas bordinhas.

Quando eu e o Gabriel estamos nos nossos momentos mais íntimos, costumamos fazer de tudo. Ele sabe que adoro fazer sexo com amor...Conhece bem o meu corpo bem como, os meus gostos, posições etc...
Umas das nossas noites em que tínhamos vindo de um aniversário, e depois de termos bebido um pouco a mais, o que nos excitou bastante, quando chegámos a casa, começámos nos carinhos dos beijos e outras coisas, acabámos por fazer amor loucamente como se nada mais interessasse, ele é muito carinhoso e cede sempre aos meus pedidos, depois de longos minutos e já quase a explodir...Pedi-lhe para que se viesse nas minhas bordinhas, mas por trás, de ladinho, e assim foi. Foi um momento de verdadeira tesão e prazer onde em simultâneo soltamos um orgasmo mais louco que já tivemos.  

Daí eu partilhar convosco...Gosta de sentir o esperma nas bordinhas?
Não se iniba de comentar.

sábado, 17 de outubro de 2015

Quando sentimos vontade de usar o vibrador?

Cada pessoa tem o seu desejo sexual. Muitas satisfazem-se com os companheiros, amantes, amigos, ou simplesmente com sexo de ocasião. No entanto, nada nos impede, de mesmo com o companheiro, e nas alturas de menor fulgor desse, usar o vibrador. Confesso que tenho companheiro, e com ele faço tudo e de tudo. Connosco há muito que deixou de haver tabus, no que diz respeito a sexo. 

Tenho três vibradores diferentes. Com o azul costumo massajar o clitóris o que me deixa louca de tesão. Embora também goste de o fazer com dedinhos. Sou uma pessoa que gosta de fazer amor, fazer sexo, de todas as formas e feitios, tomando as devidas precauções. De vez em quando sinto necessidade de usar o vibrador, olhando a que sou uma mulher que me considero muito fogosa e o prazer sexual faz parte do meu pensamento e das minhas mais doces fantasias sensuais e eróticas

Sabemos  que existem muitos problemas que podem levar à falta se apetite sexual por parte, e neste caso, do companheiro, tais como o stress do dia a dia, trabalho duro, problemas nos negócios, entre outros, ou até uma questão de idade, saúde... medicamentos que se tomam e que, de certa forma prejudicam, passando o sexo acontecer com menos assiduidade. Muitas vezes apenas acontece aos fins de semana é mesmo assim, nem sempre.  

Costumo usar, porque convém um gel, que mostro, passe a publicidade, bem gorduroso que dá uma sensação maravilhosa, com sabor a morango que serve para tudo, desde o sexo anal, vaginal e oral, é doce e comestível, por isso recomendo.

Para quando o companheiro não se sente muito à vontade para nos retribuir o oral, nada como o presentear com um gel doce, que prolonga a vontade de continuar o oral. Se não existir creme, pode sempre usar-se mel, ou outra fragrância que seja doce e que o marido, namorado, amigo, goste.

Deixo varias fotos que espero que gostem, num dos momentos em que me estava deliciando com os meus brinquedos, que nunca me deixam ficar mal. São deliciosos e fáceis de usar. 

Espero que gostem das fotos e não tenham problemas nem preconceitos em usar ou comprar o vibrador. Muitas mulheres, se calhar, até tinham, ou têm vontade de experimentar, mas sentem vergonha de entrar numa loja Sex Shop.
Podemos comprar sem ter de dar a cara, basta procurar um site na internet ... as encomendas chegam às nossas mão  com embrulho anónimo, ou seja, ninguém sabe o que contém dentro. Pensem nisto, e para quem nunca usou, atreva-se....vai ver que gosta.
Depois de me saciar com o brinquedo gosto de olhar a xaninha que fica inchadinha de gozo e tanto prazer. Sinto-a molhada e vibrante em função de um orgasmo duradouro e profundo que acontece sempre que uso o brinquedo, meu fiel amigo.

Se gostou da publicação não parta sem deixar uma palavrinha sobre o que viu e leu.
Grata.

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Delícias em ginástica sexual quando a mãe se ausentou...

Novinha gozando com o dedo na boceta em gif pornô
Conheci a Felismina nos meus tempo de militar, em Santarém. Moça tímida, pouco experiente, sempre preocupada com a mãe, a qual, sendo doméstica de profissão, estava praticamente sempre em casa. Certo dia a Dª Eurestina, sua mãe, deixou-nos sozinhos em casa - por pouco tempo, avisou -  em virtude de ter que se deslocar ao centro de saúde a fim de fazer umas análises, o que nos deu algum espaço pois sabemos como demoram essas coisas nos centros de saúde. Assim, começámos nas carícias, passando eu a mão na xoxota da Felismina, metendo um dedinho dentro dela, enquanto beijava e chupava o seu mamilo, lindo e apetitoso. A Felismina delirava contorcendo-se de prazer e tesão. A nossa ansiedade era tanta que nem teve tempo de se despir completamente.
Loiras e morenas putinhas trepando em gifs picantes
Não quis ir para o quarto com receio que a mãe chegasse mais cedo. Por isso como a tesão estava incontrolável, aproveitámos e mesmo de pé, entregámos-nos às mais belas delicias da introdução.

A Felismina, encostando-se à parede da sala, levantou a perna direita, deixando a xoxota, que escorria de excitação e desejo, à mercê do meu pénis que ela tanto queria, e eu sem rodeios, mas com alguma ginástica corporal lhe ofereci. Foi maravilhoso. Quando chegou a mãe, encontrou-nos sentados no sofá a conversar calmamente, enquanto saboreávamos um fresco chá de camomila e a comer uns salgadinhos. Meninos bem comportados, elogiou-nos feliz. Sorrimos cúmplices.
......

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Um subir de escadas de forma sensual...Um oral inesperado e a explosão em loucura.

Naquele dia, eu e o Max Men, subíamos as escadas entre risos e brincadeiras, e sussuros aos ouvidos, em cada degrau que subia, parava-me, levava-me contra a parede, de voz ofegante, apalpando-me de forma ansiosa,  para que chegássemos ao nosso ninho de amor...
Não queria mais nada, queria apenas perder-se nas minhas entranhas, já descontroladas, ardendo de tesão, já contorcida, por sentir enterrares a tua língua na minha gruta desassossegada....
E quando deixamos que nossos corpos seguissem seus instintos, e sem falar-mos, entramos na mais louca penetração, onde minhas coxas trémulas, se abriam, para dar lugar ao mais belo e louco orgasmos, feito lava em explosão. Max men, o responsável pela minha loucura, pela nossa loucura!

Há dias assim, em que tudo nos parece um sonho
Se gostar comente. Obrigada.