quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Carícia em oral, e explosão.


 
Acariciava teu pau, duro, erecto, que fervia de tesão entre meus pezinhos de lã que num vai e vem enfurecido, te deixava tão louco que num devaneio me pedes para mostrar o valor da minha boca marota, que demonstrava vontade de te sugar carinhosamente até te levar ao verdadeiro momento de tensão, não aguentas o calor da minha boca, frenética e soltas a explosão, como se tratasse da lava que escorre, e se saboreia em meu rosto, deixando-nos rendidos satisfeito
Comente!
 

3 comentários:

  1. Delícia de fazer, tb gosto muito :P
    Posts sempre muito instigantes aqui.
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Principio....Meio.....e fim......podia ter tido um pouco mais de sabor....;)

    ResponderEliminar