terça-feira, 20 de outubro de 2015

Uma boca pequena... para tão grande animal...

Apressávamos-nos, nos nossos momentos
Onde tu e eu na mesma direcção
Nos deliciávamos em simultâneo, não lentos
Onde  só tu me provocas tesão 
.
Boca pequena para tão grande material
Que deixa me louca e entezoada 
Para que me devores como um animal
Minha greta esfomeada,  já orvalhada.
....
Gosta?
Comente!

11 comentários:

  1. Humm..........Delicia!!! :P

    Beijinhos ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Achas Mary Angel?
      Mas é verdade... uma delicia

      Volta sempre
      beijoss

      Eliminar
  2. Nem cabe na boquinha dela... tadinhaaaa!!!!!!!!!!!
    O poema é muito bom!!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou material demasiado grande ou, boca muito pequena. é mais a primeira! :-)

      Voltesempre
      beijoss

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Pois é Nuno.... queres experimentar? kkk

      Volta sempre
      beijoss

      Eliminar
  4. Muito sexy, como tudo aqui.
    Beijos orvalhados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. {Λїtą}_ŞT, é sempre um gosto ver gente sexy como tu :-)

      Beijoos orvalhados retribuídos,
      Volta sempre

      Eliminar
  5. Não tenho mesmo sorte nenhuma, lool
    Bjo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tens?? Não queres!! kkkkkkk (brinco)

      Beijoos... és lindo!!

      Eliminar
  6. La boca que todo lo come, la lengua que todo lo lame.

    Un beso dulce de seda.

    ResponderEliminar