segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Linda e Fresca em luxuria e prazer

Estavas linda, fresca, no bar sentada
Mostraste-me teu sexo que admirei
Quente e nu, teu sexo me inebriava
Que com ternura e carinho, beijei


Quiseste retribuir a sensação
Disseste-me ser a tua vez
O meu falo cheio de tesão
Tu acariciaste com avidez


Sabias ter chegado a altura
Todo teu corpo era excitação
Acariciavas o clitóris, ternura
Deliraste com a introdução


Teu amor e carinho é como uma flor
Que se rega de desejo e palpitação
Fresco e doce quando fazemos amor
Nossos sexos se unem em excitação
-

6 comentários:

  1. Hummm... essas cenas no bar me trouxeram boas lembranças.
    Ótima maneira de começar a semana, relembrando coisas boas.
    Bonita poesia.
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Que delicia de post... Um sonho de imagens! Versos muito apelativos, adorei.

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Que delicia de imagens.. fazem crescer a vontade...Os versos são do melhor que há-amei

    Um sussurro para ti.

    ResponderEliminar
  4. Imagens de fascínio e poema cheio de ternura e sedução
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Uma tesão de post!!
    beijuus

    ResponderEliminar
  6. Delicia... Leva-nos para um imaginário de tesão... Hmmm...

    ResponderEliminar