domingo, 31 de janeiro de 2016

Ambiente quentinho, um sofá malicioso...e um sessenta e nove (69) de luxo.

Tarde melancolia, cinzenta, chuvosa e fria...A nossa lareira acendeu-se...O ambiente tornou-se ameno...fechámos as portas, sentimos o quentinho das labaredas...no nosso sofá nos enroscamos, entre caricias e mimos e mãos que se atreviam, demos inicio ao nosso momento, de partilha mutua. Ofereci-te...Ofereceste-me... perdemos a noção, e sem dar por nada, nos envolvemos num delicioso sessenta e nove (69)  Momentos quentinhos numa tarde de enorme prazer. Atreva-se a seguir o exemplo.

Sedução...Carência...Vontade de ti... (delírios)

Ajoelhei-me perante tal monumento
Que seduziu meus olhos e me excitou
Deixou estático o meu pensamento
Que enlouqueceu e se deslumbrou

Com tua mão em meus suaves cabelos
Sinto carícias que me fazem estremecer
Neste momento onde vagueiam anelos
Sinto-me atraída  e feliz por te merecer

sábado, 30 de janeiro de 2016

Aventuras...bebidas...desafios...E excitação a três...Noite alucinante.

Mariana, Helena e Filipe Luz, três amigos inseparáveis. São daqueles amigos para todas as ocasiões. Adoram divertir-se, correr riscos, sobretudo adoram novas aventuras. Uma sexta-feira à noite, Mariana e Helena. convidaram Filipe para saírem, a fim de beberem um copo, e conversarem. O Filipe é portador de um sentido de humor invejável. Mariana e Helena, são terríveis e aventureiras, sempre dispostas a tudo, adoram brincar... Durante o tempo que estiveram num bar, estiveram todo o tempo, nas anedotas picantes e outras coisas da génese mais erótica. 

Já meios tomados pela bebida, elas, aceitaram o convite do amigo para o seu apartamento. Filipe Luz, quis brindar pelo facto de ter levado as duas melhores amigas a sua casa, Abriu uma garrafa de licor beirão, (passo a publicidade), que tomaram com bastante gelo. Bem, uma hora depois, já rebolavam de tanto gargalhar, ouvindo Filipe a contar sua peripécias e anedotas. O calor apertava, a casa era quente, a bebida ajudou, quando deram por ela, os três, estavam quase nus. Filipe, rapaz atiradiço, começa por acariciar as amigas. Mariana e Helena, já doidas, perdidas de excitação, acabaram por dominar a noite ao seu amigo, fazendo dele o que sempre quiserem e nunca tinham conseguido. Que era embarcar nesta aventura a três, ou seja, elas e o Filipe. Apesar do excesso de bebida, foram brindados com inesperados orgasmos...Depois de tanto brincarem, adormeceram, e quando acordaram, eram 8 horas da manhã, cedo para um fim de semana, que começou da maneira mais alucinante.

Gostou desta aventura? 
Fazia o mesmo?

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Aventuras alucinantes em prazer oral.

Fim de semana...
...noite de extravagâncias... 
...divertimentos...
...aventuras... 
...alucinações...
...sensações e prazer...
Estás à espera de quê?? 
...Anda daí...

Momentos...caricias... excitação e prazer (Poesia erótica)

Surpreendes-me com deliciosos momentos
Onde perco a estribeira em teu corpo gostoso
De tantas saudades que inundam os pensamentos
Fico matando, a que consome o meu corpo fogoso
Acaricias minha gruta melada e carente
Despertas em mim a excitação e loucura
Retribuo com desejo do teu mastro quente
Que cala minha boca, e por desejo te procura

.
Na tua cama em lençóis de puros desejos
Dois corpos se unem sobre louca excitação
Que se balançam entre deliciosos, loucos beijos
Abrindo o caminho ao prazer, que nos leva à paixão
Olhos nos olhos, a nossa expressão não mente 
Nossos corpos se desejam, fervem de tão excitantes 
Teu corpo não para, o meu entra em êxtase porque sente
Teu mastro explodir, gritamos de prazer, acabamos ofegantes.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

O MEU...O TEU.... O NOSSO FETICHE.

Desejos...fetiches...gostos... são todos aqueles nos satisfazem e nos fazem sentir realizadas/os...Tudo isto se torna muito sensual e excitante se for feito de mutuo acordo. Todos os fetiches são realizáveis assim queiramos e possamos. Não acho que seja uma violência estar atada de mãos e braços, se foi um pedido "meu",claro o amarramento é feito de uma maneira carinhosa e sensual. Quem diz mão e braços diz pernas também, noutras situações. Neste caso, hoje deu-me prazer, dar-te prazer, apenas com a minha excitante boca que se perdeu, babando-se no teu mastro, onde dele espera... tudo e nada.

Um vestido sedutor...Um olhar sobre a paisagem...e um delicioso oral, no menú

Em tempo de Verão, andar "mal" vestida pela casa, torna-se um tanto ou quanto perigoso, quiçá, muito sedutor. Eu diria que, pode ser o motor de arranque para belos e deliciosos momentos. Foi o que aconteceu em casa de Amélia, quando esta, se encontrava na preparação do jantar.
Daniel, ao entrar em casa, onde vive maritalmente com Amélia, ficou fascinado quando observa que esta trazia um vestido, onde se podia apreciar a paisagem. Daniel não perdeu tempo, dando um ardente beijo, passando-lhe as mãos pelas pernas. Amélia, em tom desafiador, senta-se sobre o lava louça...onde desse beijo nasceu o  delicioso oral, que deixou Amélia arfando de desejo, prazer e tesão....Não ficaram apenas pelo oral...Entre eles,  aconteceu o menú completo... Diz Amélia; que me confidenciou e me cedeu este texto com devida ordem do seu namorado. 
Daniel com tanta excitação esqueceu-se de tirar o seu boné. (:

Aprecia sexo na cozinha?

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Prazer Sensual: » Carinhos Ritmados em Beijo de Doçura.

Um homem e uma mulher quando decidem iniciar a sua vida sexual, onde a relação acontece por mero acaso, devem tudo fazer para que a relação seja ao gosto de ambos. O prazer pode e deve acontecer de forma a que não apenas um fique satisfeito. Existem mulheres que gostam de ficar por baixo na posição chamada de "frango assado" e outras que amam ficar por cima. 

Esta imagem faz-nos transportar muito para além da sedução propriamente dita. O homem completamente submisso e entregue aos carinhos da parceira que a seu belo prazer conduz a acção sexual não dispensando aquilo que toda a mulher ama dar e receber: O Beijo.

Deixo-vos sem mais palavras. Olhem e ... imaginem-se
.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Perdi-me em tuas mãos....Penetrei-te com jeitinho...



Em tua casa me acolheste
Com excesso de carinho
Não foste egoísta, quiseste
Conduzir tu meu caminho
Perdi-me entre tuas mãos 
Que tão belas elas eram
Não imaginas meu bem
O quão elas me excitaram
E o calor assim subiu
Entre sorrisos, loucuras
Puseste-te a jeito, e eu
Penetrei-te com jeitinho
Senti tua temperatura
Enquanto teu grito, baixinho
Me causava excitação
Explodi em ti com loucura
Dama do meu coração.
..........

Ginásio...luxuria...excitação...Aula de sedução e sexo...


Isabel, pratica desporto num ginásio perto de sua casa. Em Cascais. "Vou preservar o nome do ginásio", por razões óbvias. Um espaço que frequenta já a alguns anos, embora não o fizesse diariamente. Depois que Henrique, entrou como Personal Trainer, o ginásio passou a ter mais clientes, nomeadamente no feminino. Henrique, não é muito bonito, mas tem uns olhos verdes, pestanas longas, e é moreno, para além de ter um corpo invejável. Isabel, que passou a frequentar diariamente o ginásio, depressa conquistou o Henrique, com o seu bom sentido de humor, para além de ser uma rapariga muito sexy. Pois, não foi preciso muito tempo para se envolverem os dois de uma forma muito sensual...

Uma sexta-feira, Isabel foi ao ginásio à ultima hora, para poder ficar até ao fecho, já com a "malícia" toda, o que fez desconfiar o P.n.t, Pois bem, e assim aconteceu. Depois da aula ter corrido lindamente, Isabel resolver fazer um aula extra no seu tapete cor-de-rosa, ou seja, estava mais numa de provocar e seduzir o, já amigo, e conseguiu. Este, depois de ter fechado as portas, tomou um duche rápido e foi então dar a aula extra à tão sedutora aluna, que o deixou de ideias baralhadas que, nem o duche lhe aliviou a tenção que sentia. Durante a aula, fica  embasbacado, quando repara, que Isabel tinha umas calças muito práticas, que lhe facilitavam e bem a sua aula de ginástica, terminando da forma mais esperada para os dois. Pode dizer-se, que teve uma nota muito positiva no final, com tendência a melhorar...

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

MOMENTOS INFORMÁTICOS, ACABAM EM SEXO LUXURIOSO E EXPLOSIVO...

Maurício Góis, Engenheiro informático, arranjou o seu primeiro emprego numa empresa de Electrotécnica. Um dia, na sua empresa, o computador do gabinete de contabilidade, de Dr.ª Elvira Santos, estava com problemas, e o Egrº Maurício foi chamado para resolver o assunto. Ao entrar na porta, surpreendeu-se com aquele monumento de mulher, todo o seu gabinete estava perfumado, a Dr.ª espalhava charme, era mesmo a sedução em pessoa. 
Maurício, meio desorientado, pôs mãos à obra, mas sempre de olho em Elvira. Não conseguiu resolver o assunto, pois precisava de concentração, e não tinha. Elvira, notou um certo desconforto no Engenheiro, até lhe propôs sair, para que este ficasse à vontade. Maurício, disse que não, voltava noutra hora, pois precisava ver umas coisas na central, não convenceu Elvira que, também ficou a pensar nele, ou seja, ficaram os dois desconfortáveis, mas por terem sentido o mesmo, um pelo outro.
O Engenheiro voltou ao seu gabinete, mas desta vez, conseguiu arranjar o computador. No final, os dois trocaram breves palavras, e quando esta tenta agradecer com um aperto de mão,  Maurício, puxa-a para ele, beijando-a com toda a fúria, onde de imediato foi retribuído. Colados pelas bocas, chegaram-se até à porta para fecharem à chave. De seguida, perderam o controlo, entre caricias e beijos, deixaram-se levar pela excitação mútua, os dois meios despidos, não tiveram medo de ali mesmo satisfazerem suas curiosidades. O Engenheiro, Maurício Góis  e a Dr.ª, Elvira Santos, subiram à montanha num abrir e fechar de olhos, explodindo os dois...E assim completaram os serviços, no seu gabinete, que foi atraído pelo charme de ambos.
Afinal, qualquer Engenheiro que se prese, nunca deixa um trabalho incompleto.

domingo, 24 de janeiro de 2016

Dois corpos desejosos... mãos que navegam, em excitantes mares de tesão.

Dois corpos desejosos...uns seios despidos, uns biquinhos hirtos, de tesão, perdidos entre mãos e quentes lábios, que aquecem os sentidos, e os fazem navegar mar a abaixo...
Húmidas margens, em quentes e explosivas mãos, que se  acariciam mutuamente, lábios que se tocam em ardentes beijos, excitantes, os sentidos que afloram...sem hora marcada para acontecer, a explosão em excitantes mares de tesão....Onde nem faz falta a penetração... Imagine...Imagine-se...

Dançou minha lingua, sobre teu sexo sedoso, doce e carente


Dançou minha língua com suaves beijos
Em teu sexo hirto e excitante luxuria
Em respiração ofegante são tantos desejos
Que me deixam em êxtase, tesão em fúria 

Em suaves carícias que eu ofereço
Ao teu sexo sedoso, doce e carente
Sou toda tua, ao teu membro obedeço
Com meus lábios em delírio torrente.

............

sábado, 23 de janeiro de 2016

"Provocação" Sensual... O ex-libris da Ternura e da Sedução Feminina.

São variadíssimas as posições sexuais. São também variadíssimas as formas de charme e sedução que se podem usar quando se pretende algo. O despir, peça a peça, perante o olhar atento do parceiro, falando especificamente da mulher, será talvez a mais usual. Um olhar lânguido, um sorriso malicioso, um dedinho levantado em curvatura chamativa, o contorcer do corpo quando nu, entre tantas e tantas outras, são também muito usuais.


A imagem acima mostra-nos uma das formas mais sexy que uma mulher pode usar como forma de provocar a libido do homem. Todo um corpo em movimento, perna esquerda esticada, direita curvada, deixando as partes íntimas expostas ao olhar do parceiro. Será talvez uma das mais belas, eróticas e sedutoras formas de dar prazer a quem está presente e para si olhando numa perspectiva sensual. O gosto de ver e a sedução da provocação, são neste caso, o ponto de partida para uma relação sexual maravilhosa e inesquecível.



Nessa posição o acto sexual torna-se profundo, sensual, maravilhoso, tanto para o homem como para a mulher. Simplesmente irresistível.

...

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Uma despedida entre duas amigas...Luxuriosa noite de carinho retribuído.

Sabrina e Paula, duas estudantes em fim de curso, (Comunicação social) resolveram fazer entre ambas, uma despedia diferente do habitual, como fazem todos os amigos....
Depois de uma festa, em que esteve presente toda a turma, Sabrina e Paula, que gostam de novas aventuras, decidiram "despedir-se" da forma mais carinhosa. Nessa noite, foram para o quarto que ambas dividiam, e como era o seu último dia, juntas, tiveram uma noite diferente. Na verdade, nenhum delas se assume como lésbica, ambas namoram, mas como dizem, gostam de experimentar novas coisas, novas aventuras. E assim foi, as duas, deliciaram-se de verdadeiros momentos de carinho. Onde pela primeira vez, ambas, atingiram orgasmo, provocado pelos "excessos" de caricias manobradas por tão carinhosos dedos que escaldavam de prazer... 
Ambas seguiram os seus destinos, mas este, é um segredo que fica com elas. Dizem ter sido uma experiência que gostariam de repetir.

Caricias e doces beijos. Em fogoso oral...

Pediste-me em namoro
Algo diferente de antigamente
Ofereceste-me como prenda
Tua xaninha, linda e decente
E eu observando a fenda
Louco para acender o fosforo
Para te incendiar em desejos
E acariciar-te com doces beijos
Deixar-te perdida, inconsciente
Por poder levar-te à loucura
No aconchego do nosso ninho
Onde nos perdemos nesta aventura
Deliciei com um fogoso oral
A tua xaninha tão bela e ardente.

Jp- Minha estreia. Espero que gostem.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Olho-te...saboreio-te faço-te perder o controlo.


Olho-te...com meu ar sedutor, esfomeado, carente, excitada...Entregas-te a mim sem pudor. Enlouquecido, fechas os olhos vagueias pelo infinito, sentes  o calor da minha boca, a pressão dos meus doces lábios e....soltas a tua felicidade, em tom de prazer qual fonte luminosa, soltando faiscas de amor. Olho-te...saboreio-te faço-te perder o controlo com a minha exactidão.

CARINHO...SEDUÇÃO...E UMA EXPLOSÃO LUXURIOSA

Fabiana Cruz, executiva numa empresa financeira. Costuma apresentar-se sempre muito bem vestida, e sempre bem maquilhada, como a sua profissão o "exige".  E uma mulher de 38 anos, alta, morena, com uma simpatia invejável. Todos os homens daquela empresa a olhavam de alto a baixo quando a veem passar. Seu chefe, Aristides Roque, costumava convida-la para tomar café, nos intervalos. Certo dia, entre eles os olhares pediam muito mais que um café...
Até que, quando voltaram ao gabinete, envolveram-se em abraços e caricias, calorosos beijos, mas, não passou disso, embora executiva sentisse tesão, pelas caricias feitas aos seus seios... Pois não era o local adequado. Fabiana recusou fazer algo mais ali, Aristides respeitou e concordou, mas, marcaram outro local, em Casa de Fabiana, dado que  morava sozinha.
Como o prometido é devido, Fabiana, convidou  seu Chefe, Aristides Roque, para um lanche, e talvez meter a conversa em dia, pois a última vez, em que Aristides a acariciou, muitas coisas ficaram por dizer e fazer. Fabiana como executiva que é, nada pode ficar a meio. O Aristides chegou, Fabiana, vestia apenas uma calcinhas e uma blusa de alças, sem soutien, a casa era quente. Aristides entrou, e só teve tempo de fechar a porta, pois começou de imediato a devorar todo aquele lanche que à muito desejava. Como a vontade era mutua...depois de estarem em chamas de ardente tesão
Passaram à parte final do lanche, No seu quarto, na sua perfumada e apelativa cama, Fabiana, que parecia querer mais que ele. Mostrou-se uma mulher madura, fogosa e muito experiente em tudo o que faz, tem sempre uma conclusão muito positiva. Os dois, em simultâneo, atingiram um violento orgasmo, que os deixou nas nuvens de tão leves e satisfeitos. 

Muitas coisas ficaram por dizer, e outras por fazer, por falta de tempo. Ficou marcado um almoço. Que mais tarde vos contarei.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Anal delicioso em banco em luxuria.

Pedias, que me sentasse de costas para ti
Num banco de emoções  tão calorosas
Duma brincadeira nasce a vontade, d'ali
Saciarmos desejos e vontades prazerosas 
Foi então, quando te quis com carinho, oferecer
Meu desejoso e louco ânus, em chama ardente
Que se agita de loucura gritando de prazer
Por se entregar por inteiro, tão intensamente
..........

FIM DE SEMANA NO CAMPO....EXCITAÇÃO EM SEXO E CUMPLICIDADE


Sissi e Lipe, dois amigos muito íntimos, de alguns anos, ambos comprometidos... sempre foram muito cúmplices, entre eles, já rolaram algumas brincadeiras virtualmente, ou seja, já fizeram sexo virtual. Sissi, chegou até a comprar um vibrador para com o seu amigo se satisfazer, ainda que virtualmente. Desejavam muito o encontro entre os dois.
O dia finalmente chegou, Lipe,  foi  de fim de semana para a sua casa de campo em Portimão e convidou  a sua amiga, que não hesitou, pois ansiava muito por este dia. Entre eles apenas tinham acontecido uns beijinhos. Ficou combinado que Lipe a iria buscar à estação de comboios, de Portimão.
 
Assim foi. Depois de chegarem, ele todos orgulhoso mostrou-lhe a casa, estava muito calor, beberem uma bebida fresca, ele continuou visita guiada, nesta caso ao jardim, onde tem recantos muito belos e interessantes, e sombras convidativas a belos momentos românticos. Numa espreguiçadeira que havia no jardim, Sissi  sentou-se, puxando o amigo para o seu colo, dizendo que não aguentava mais a saudade, ela agarrou-o, muito meiga, e começou a "devorara-lo", pois queria  fazer dele o que lhe havia prometido e sabia que ela gostava. Entre abraços e ofegantes beijos, à sombra de uma árvore, Lipe, com suas mãos suadas e trémulas, vai despindo a amiga que já estava louca de tanta tesão. Esta, sem demora, quis mostrar um dos seus dotes bocais, oferecendo-lhe um louco e vulcânico oral. Lipe ficou sem reação corporal, pois de olhos fechados viajava pelo erotismo de prazer....Não quis ficar por ali...
 

Continuaram a brincadeira, enlouquecidos, perderam-se por todas as posições sexuais possíveis e imaginárias. Seus corpos escorriam de suor, o que os excitava ainda mais. Sissi já sentia o seu sexo escorrer, qual lava do vulcão ao acordar...Lipe talvez mais maduro, soube aguentar-se. Para finalizar, ele puxa-a para cima de si,  para o seu colinho, uma das suas posições preferidas. Estavam loucos, em chama ardente de tanta saudade, até que, os dois perdidos entre gritos gemidos de tanto prazer chegaram à  explosão final... Os dois ficaram muito felizes um com o outro. O amor e a cumplicidade faz parte da vida de ambos. Que prometeram voltar à sua casa de campo.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Duas amigas em acção vulcânica ... e a lava ardente escorre por entre carícias de prazer

Amor....carinho...Um sussurro ao ouvido..uma suave dentadinha na orelha por lábios carinhosos e sensuais ... uma mão que se atreve a vaguear por quentes "vales", entre "montanhas" de luxuria ... fazendo ferver os sentidos ... e o amor acontece...
Entregam-se dois corpos que se desejam...aguçam-se sentidos que vagueiam, por entre esferas de tesão...colam-se os sexos já húmidos...Deliciam-se entre a "loucura" e o prazer, que as faz subir ao pico mais alto da excitação, onde a explosão de lava ardente, acontece...

Entre tatuagens sensuais... acontece um Oral perfeito em Sedução

Osvaldo Vidal, coleccionador de "tatuagens", as do seu corpo. trabalha com Virgínia Salgueiro, que, por sinal também gosta de tatuagens. Um dia em conversa com a sua amiga, onde esta é também fanática por colecções, sendo que ela, colecciona boxers de homens, ou seja, cada vez que tem sexo com um amigo, ou namorado "rouba-lhe" os boxers. 
Era feriado municipal em Leiria, e o Osvaldo ligou à Virgínia, se queria tomar café em sua casa. Assim foi...

A Virgínia não se esquecera de que, teria falado das suas tatuagens, queria ver e assim poder mostrar as dela. Conversa puxa conversa, anedotas, sorrisos, até que chegaram às conversas mais quentes, atrevidas e apelativas, onde ele lhe disse que, não lhe poderia dar os seus boxers, porque não usava. Foram-se despindo para mostrarem as tatuagens até que o Osvaldo ao tirar as calças ficou com o seu mastro logo em acção. Virgínia  mostrou-se atrevida, não se fez esquisita, agarrando  no mastro que já se encontrava hirto, e, para admiração de Osvaldo começou a brincar com ele na sua boca...até que da brincadeira passou ao caso mais sério e só parou, quando sentiu o seu amigo a explodir precocemente dentro de sua boca. 
Caso raro, quando esta diz que, também serve de recordação.  Os dois são doidos por tatuagens e outras coisas.

Você é fanático/a, por colecções? Quer dizer quais?

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Ternura e Preliminares: O Elixir Erótico de um acto Sexual.

Alguns dos factores que devem existir e estar sempre presentes num acto sexual, são a sensualidade, a doçura, o erotismo, o prazer de dar... prazer. Os animais irracionais fazem sexo. O ser humano deve fazer amor, com ou sem sexo. Um dos mais belos carinhos que um homem pode fazer a uma mulher é percorrer o seu corpo, tocando as suas partes mais sensíveis, usando suavemente a ponta da língua e com a doçura dos lábios. A mulher gosta de sentir o ar quente que sai de dentro do ego do seu parceiro. Tal, causa em si uma luxuria erótica que normalmente a leva a locais de sonho através da imaginação sensual.
A mulher gosta que o homem a estimule através do toque, de um beijo, de um abraço. Que a sente ao seu colo, fazendo passar as suas mãos pelas suas costas, acariciando-a levemente e com ternura. As sensações sexuais estão muito para além da introdução propriamente dita. Os carinhos são a parte que levam a mulher ao orgasmo. Sem meiguice, rara é a mulher, que atinge esse ponto alto do prazer sexual.

Depois de sentar a mulher sobre o seu colo, deve deitá-la suavemente sobre a cama, encaixar-se entre as suas pernas, beijá-la nos lábios de forma terna, leve ou profunda, mas sempre utilizando a ternura como argumento. As sua mãos devem percorrer o corpo feminino de forma a fazê-la sentir desejada, quiçá amada, pelo seu parceiro

make-passionate-love:

i loved when u use to do this
Para mim, só assim o sexo faz sentido, embora reconheça que existe quem goste e até tenha um elevado grau de excitação/prazer, num sexo dito mais "violento", mais "selvagem", quiçá até...bizarro.
Embora, muitos intervenientes num acto sexual possam "obrigar-se" a aproveitar aquela a que se chama "rapidinha", mesmo assim, se não for feito com o mínimo de ternura e sensualidade é apenas... um mero ato físico e nada mais.


domingo, 17 de janeiro de 2016

APETECE-ME OFERECER-TE A MINHA BOCA.

Apesar da tristeza, tu apeteces-me
Ter-te não só na boca, mas no coração
Fazer te algo de bom mas entristece-me 
O teu silêncio que me causa alguma aflição
Apetece-me provar-te, dizer que te amo
Apetece-me dar-te a minha desejosa boca
Esta solidão mata-me, por isso, por ti chamo
Para que nunca me abandones, de ser tão louca
..........

sábado, 16 de janeiro de 2016

Um dia...Um momento feliz...E o amor com sexo aconteceu.

Naquele dia, estavas amoroso comigo, abraçavas-me, beijavas-me, apertavas-me contra ti, Eu sentia-me, como nunca me havia sentido, feliz, toda eu tremia, pois era o que mais queria, o encontro contigo. Como aconteceu.
Levaste-me para um quarto de hotel. Depois de ter-mos conversado sobre nossas vidas, e sobre as nossas diferenças, trocámos inúmeros carinhos, aqueles, que um dia havíamos prometido um ao outro. Carinhosamente me foste tirando a roupa, já desejoso, por percorreste todo meu corpo, entre beijos e outras coisas, até que chegaste ao ponto inesperado por mim. Estremeci, quando senti tua língua bem quentinha, que suavemente acariciava minha gruta, que fervia de desejo. Fiquei descontrolada, toda eu arfava, e me contorcia de tanta excitação.
O nosso momento continuava, eu estava feliz por poder estar contigo, e depois de me ofereceres tua deliciosa língua, que me deixou surpreendida, pois nunca ninguém me havia feito tal carinho. Eis que quis conduzir o momento, encaixando-me em cima de ti, deixando-te louco, desorientado de tanta excitação. Da tua boca saiam sussurros, palavras sem nexo.  pois o momento era para nós, único.
Depois de estrondosamente termos em simultâneo soltado um transbordante orgasmo, descansámos um pouco, entretanto o carinho continuava e os beijos era fundamentais. Mas, faltava um dos passos importante para os dois, pois fazia parte da nossa "promessa". Eis então, quando tão terno me viras, pois,  desejavas tu e eu, o sexo anal. E aconteceu meigo e suavemente, e assim foi o nosso encontro de um dia. Onde me senti a pessoa mais feliz por poder estar com a pessoa que amava.
.....................

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Cavalgo-te... com arte, beleza e perícia

 
Cavalgo-te... com arte, beleza e perícia
Deixo-te admirado com  minha atitude
Sentes o calor de toda a minha malícia
Gozar o sexo em esplendorosa virtude
.
Sentes-te perdido nas minhas entranhas
Ficas estático ao esperar pelo momento
Que solte o grito no pico das montanhas
Ao sentir que explodiste em andamento
Enlouquecida, peço-te para que esperes 
Deixa-me saborear-te, sentir-te ofegante
Deixa que teu membro deixe os sabores 
Para que minha gruta saboreie, excitante
 
Acabámos consolados, escorrendo elixir
Pelos nossos corpos que ardiam de tesão
Cavalguei-te, sussurrei-te, fiz-te explodir
Terminámos consolados de toda a ilusão
.........
 

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

CARINHOSO E LUXURIOSO ORAL

Hummmmm....todo tu tremes de excitação!!
Imagino-te...desejo-te...quero-te...assim por inteiro na minha boca....sentir o calor da tua verga...dar-te o merecido carinho...proporcionar-te os melhores momentos, para que, quando me olhares nos olhos, possas dizer .... Quero mais...muito mais de ti... 
QUERO-TE ASSIM.

Dois corpos...Duas Deusas...Perdidas em luxuriosos carinhos.

Dois corpos... duas Deusas...sentimento mútuo...É assim que se sentem, Rita e Bruna, que  se encontram longe de todos os olhares,  num lugar secreto, algures no Porto. 
 
As duas conheceram-se num encontro de agrupamentos de escolas, onde cada escola apresentava um "trabalho" tipo peça de teatro entre outros. Isto antes de terminarem as aulas, no verão. Depois de alguma conversa de apresentação, trocaram números de telemóveis, onde foram conversando diariamente por chamada e sms's. O tempo passou, entretanto encontraram-se no sitio marcado pela Rita, que estava desejosa para o encontro com a sua amada amiga, Bruna.

Difícil será avaliar a excitação de cada uma delas, pois ambas parecem enlouquecidas, totalmente em êxtase, perdidas entre carinhos e sussurros, A Rita recebe da Bruna uma louca massagem no seu clitóris, onde este já se encontrava inchado e humedecido de tesão. As duas rebolavam-se entre os finos lençóis, que enxugavam o suor de ambas...
 
Já consoladas, e depois de terem retribuídos todos os carinhos, eis que a Rita decide brindar Bruna com um estonteante oral, deixando-a fora de si, e por não conseguir controlar a tesão que sentia, Bruna, solta um grito, qual eco de consolo explosivo, uma sensação de desmaio, sentindo a Rita saboreando o seu mel...Momentos únicos de carinho e paixão entre duas Deusas.

No no final da tarde, cada uma seguiu o seu destino, mas já voltaram a encontrar-se, onde são sempre momentos de pura luxuria, tesão e carinho.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

DELIRIOS DO MEU CORPO CARENTE... (anal)

Delírios, do meu corpo carente
Pelo teu membro, em ação
No meu ânus, que tão bem sente
A grossura do teu pau
Que num vai e vem com doçura
Me provoca excitação
Faz-me gritar de prazer
E aos dois, faz-nos explodir
Em momentos de loucura
Onde por opção aguardo
As gotas do teu elixir.
.......

Arrepias a minha pele que enlouquece de prazer...Luxuria...Desejo.

Desejo perder-me pelas montanhas do teu corpo
Escalar o impossível e dar-me o melhor de mim
Sentir em teu desejo que a excitação te provoca
Dar-te meu calor em teu sexo, que em frenesim
Se excede, porque nosso sentimento nos coloca
Na maior prova de amor, onde te vejo tão louco.
Despes-me com carinho, sussurrando ao ouvido
Arrepias a minha pele que enlouquece de prazer
Ouves da minha boca, grito de ofegante gemido
Não é frio, é o teu corpo me queima sem querer 
São labaredas  feitas chamas, de  pura excitação
Fazem teu corpo percorrer o meu, em exactidão
....

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

DESEJO...EXCITAÇÃO... EM BANHO DE LUXURIA.

Está na hora do sagrado banho... sinto desejo...excitação...carência, de certos momentos. Fala a imaginação do meu corpo, que sente falta do teu...do teu carinho, da tua mão macia, das tuas palavras doces que me enlevam a alma. E sobre a excitação do meu querer,  sinto por ti, desejo e prazer, careço do teu corpo!

A PRIMEIRA VEZ PARA OS NAMORADOS...MUITO CARINHO...SEXO E LUXURIA.

Carolina e João Pedro. Namorados, recentes, que vivem distantes um do outro, conheceram-se pela Internet, no twiter, à cerca de três meses. No dia em que decidiram encontrar-se, João Pedro alugou por umas horas,  um quarto, numa pensão/residencial, fora da sua área de residência.
O dia chegou então. Carolina era um pouco tímida e já lhe tinha confessado não ser virgem, o que para ele não fazia diferença, além de ser uma jovem com 18 anos e ele com 27. Foram para o quarto alugado pelo  namorado. Como estava calor, e depois de já terem estado evolvidos carinhosamente, onde os dois suaram bastante, decidiram ir ao banho. Carolina confessou que o ama muito...no banho, as brincadeiras continuaram, a jovem, resolve brincar como o seu membro que de imediato ficou hirto, quase em modo de explodir, mas  João aguentou-se. Saíram do banho para  aproveitar melhor o momento lindo que estava  acontecer entre ambos...
Por brincadeira quiseram experimentar  em cima do armário/lavatório da casa de banho. Os dois estavam doidos, de tesão, descontrolados, mas aguentaram-se até se mudarem para o quarto, o que aconteceu a seguir...
Já no quarto, gozaram das mais variadas posições, no que diz respeito apenas ao sexo vaginal. Carolina estava fora de si, deixava escapar palavras lindas de carinho e desejo, o que deixava o João mais louco ainda. Até que, surpreendente, os dois deixaram explodir o vulcão, deixando escorrer a lava pelos seus sexos, loucos e excitados de tanto desejo.

Os dois passaram três longas horas dentro de um quarto de pensão, numa residencial bem acolhedora e sem grandes luxos, mas, com boas condições para proporcionar bons momentos a quem por lá passa. Foi um encontro lindo, emocionante e muito excitante, que, certamente vão repetir.

Se já se amavam antes de fazerem amor, agora não vivem um sem o outro. 
O amor é lindo, não acha?