sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Caricias e doces beijos. Em fogoso oral...

Pediste-me em namoro
Algo diferente de antigamente
Ofereceste-me como prenda
Tua xaninha, linda e decente
E eu observando a fenda
Louco para acender o fosforo
Para te incendiar em desejos
E acariciar-te com doces beijos
Deixar-te perdida, inconsciente
Por poder levar-te à loucura
No aconchego do nosso ninho
Onde nos perdemos nesta aventura
Deliciei com um fogoso oral
A tua xaninha tão bela e ardente.

Jp- Minha estreia. Espero que gostem.

8 comentários:

  1. Desayunando las mieles.

    Un beso.

    ResponderEliminar
  2. Delicioso e fogoso oral em poema. Gostei
    Parabéns

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. JP seja bem vindo!!!
    Uu que chupada deliciosa....
    Alguma amiga pode me oferecer também????

    ResponderEliminar
  4. Um original pedido de namoro. Muito bom.
    .
    Deixo um carinho.

    ResponderEliminar
  5. Hummmmmmmmmm...Não me importava nada de estar no lugar dela, tesão danada. Muito boa a estreia.

    Bjus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comigo e as ao seu! Adoro adoro adoro

      Eliminar
  6. Isto sim, é que é um verdadeiro serviço publico. O eterno queixódromo do mulherio, é precisamente o protesto recorrente da inabilidade do macho para penetrar com competência no complexo mundo do cunnilingus!

    ResponderEliminar