terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Perdi-me em tuas mãos....Penetrei-te com jeitinho...



Em tua casa me acolheste
Com excesso de carinho
Não foste egoísta, quiseste
Conduzir tu meu caminho
Perdi-me entre tuas mãos 
Que tão belas elas eram
Não imaginas meu bem
O quão elas me excitaram
E o calor assim subiu
Entre sorrisos, loucuras
Puseste-te a jeito, e eu
Penetrei-te com jeitinho
Senti tua temperatura
Enquanto teu grito, baixinho
Me causava excitação
Explodi em ti com loucura
Dama do meu coração.
..........

3 comentários:

  1. Poema repleto de luxuria em imagens de uma ternura e erotismo exemplar. Gostei muito
    .
    Jinhos

    ResponderEliminar
  2. Adoro estas doçuras e carinhos. Bonito poema com versos de elevada sedução. Ilustres imagens
    Bjo

    ResponderEliminar
  3. delícia de versejar eroticamente sensual e envolvente.
    Grata pela visita e por seu carinho João Pedro.
    Big bjs

    ResponderEliminar