sábado, 13 de fevereiro de 2016

Momentos... carícias...excitação em explosão.

Toda a mulher gosta de ser
Tocada, acariciada
Acarinhada, mimada.
De ser levada ao prazer
Por meigas  mãos excitantes
De sensações provocantes 
Que a sabem satisfazer  
Perdida em loucos desejos,
Toda a mulher gosta 
De se perder em insanos beijos 
Todo o homem gosta
De se sentir cavalgado
Num vai e vem de emoção
Pedido em doces delírios
Momentos de pura tesão
Onde toda tu, és composta
Da perfeição feita ternura
Que me leva os meus martírios
De te sentir com loucura
Em momentos de explosão.
..........

3 comentários:

  1. Um poema que narra os dois lados do amor: o masculino e o feminino...
    Todo homem gosta desse delírio de emoções e sensações....
    Belo poema...!!!

    ResponderEliminar
  2. Muito bem mostrados os desejos dos dois lados, João!
    Belo poema combinando com as imagens e a música, culminando numa bela postagem.
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Opa João Pedro. Tudo bom. Rapaz, eu sempre venho aqui no blog de vocês, mas nunca cheguei a comentar uma postagem sua. Não por má vontade, mas é que sempre que eu venho eu comento na última postagem. Quando você publicou lá no meu blog eu pensei, uai... eu sempre vou neste blog e nunca o vi por lá. rsrs...

    Agora, sobre o que comentaste. Snoke é, bom saber. Aqui no Brasil chamamos de Sinuca. rsrs... Multiculturalismo internacional.

    A propósito, concordo com o texto. A mulher sempre muito sensorial e o homem mais físico.

    Abraço.

    ResponderEliminar