sábado, 6 de fevereiro de 2016

Momentos de pura loucura. Brincado com o mastro sedento...

Anda, sacia-me os meus desejos
Sei que a tua boca carece 
Dou-te meu corpo por inteiro
Faz de mim o que quiseres 
Enlouquece-me com teus beijos
A tua língua, que é como fogo
Que me envolve nesse calor,
Anda, só tu me provocas excitação
Com teus carinhos tão meiguinhos
Que percorrem meu sexo sedento
Querendo levar-me à loucura
Onde  me rendo ao teu amor
Sei que queremos muito mais
Entregamos-nos aos nossos ais
Envolvidos de prazer e candura 
..........

3 comentários:

  1. Essas brincadeiras sedentas me matam...de tesão!Parabens pelo poema bem sensual e imagem explosiva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha queria Mata Hari
      Bem vinda, permita-me que lhe fale assim, mas é um orgulho enorme para mim, que sou novo neste maravilhoso cantinho, em receber tão sensual comentário. Obrigado Bem haja

      Um abraço com carinho.

      Eliminar
  2. João Pedro....
    Belo poema.... gostei do poema e da imagem.
    É maravilhoso quando ela brinca com meu mastro....!!!!

    ResponderEliminar