quinta-feira, 10 de março de 2016

QUERIA, SENTIR A LAVA DO TEU VULCÃO ARDENTE...

Hoje, acordei  cheia de vontade de algo, que me fizesse acordar para a vida...vontade de me sentir viva...vontade de sentir o calor do teu prazer...vontade de me sentir... 
Acordei com saudade de momentos irreais, momentos virtuais...
Queria poder oferecer-te o calor da minha excitação...
Queria, sentir a lava do teu vulcão...
Queria dividir contigo, sussurros ao ouvido...
Sentir a temperatura da lava que escorre apressadamente, ardente...
Queria...soltar meu grito da explosão...
Contigo!

5 comentários:

  1. Hmmmmmmmmm delicia de imagens, que me provocam tesãooooo

    Bjus com carimho

    ResponderEliminar
  2. Hummmm ke delícia é o ke vou fazer kom uma doce amiga no outro lado do rio estou doido de Tussa

    ResponderEliminar
  3. Hummmm ke delícia é o ke vou fazer kom uma doce amiga no outro lado do rio estou doido de Tussa

    ResponderEliminar
  4. pois...só mesmo alguém especial e cúmplice...bom!
    Olá Dalila...

    ResponderEliminar

  5. Sinto-me como um vulcão a entrar em erupção, elevando a lava da paixão,
    Com a magma de serotenina e chuva piroclástica de ocitocina,
    Com explosões de testosterona e fluxos de adrenalina,
    É neste caldo hormonal, com a alma em espiral, que a luxúria me domina.

    ResponderEliminar