quinta-feira, 5 de maio de 2016

Amarra-o...prende-o...chicoteia-o Faz dele o que quiseres.


Pedir  perdão é tão  pouco, para  quem merece o mundo
Amarra-o, prende-o, chicoteia-o, faz dele o que quiseres
Sente o prazer de um corpo preso à obrigação e deveres
Sente o poder das amarras por um castigo tão profundo
Amarra-o, prende-o,chicoteia-o, faz dele o que desejares
Aceita o  perdão nesta entrega, num desejo  de voltares.
.

12 comentários:

  1. Agora fiquei surpresa com vc, Maria dos Anjos.
    Além da imagem um poema dentro do tema BDSM.
    Alguns podem não gostar mas te digo: eu adorei ;)
    Desejo a vc muitas realizações nesta quinta-feira.

    Beijos

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Gosto de Shibari. Gosto de cordas, de alguma dor mas o confio a quem pertence ao mundo bdsm. Neste momento afastei-me desse mundo mas continuo a apimentar com um toque de força os meus gestos.
    Trata-se de gostos que não se podem julgar ou condenar. beijinhos a todos os que aqui tão bem escrevem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, Pink Poison

      Obrigada pela sua visita.

      Beijoos

      Eliminar
  3. Quem amarra quem? Ela a ele ou ele a ela?

    Poema muito sexy repleto de estímulos de entrega e doação corporal.

    Bjuuuuuuuu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amarra-o ( o corpo) (ele)

      Obrigada pela visita

      Beijoo

      Eliminar
  4. Também quero amarrar assim a minha namorada. Mas ela não deixa, chama-me tarado, o que posso fazer?

    Bjo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Despe-a de preconceitos e dá-lhe uns shots para relaxar

      Eliminar
  5. Não gosto de fazer sexo amarrada. Nem pensar...

    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Muito excitante o blog
    Parabens

    ResponderEliminar
  7. Muito excitante o blog
    Parabens

    ResponderEliminar