domingo, 15 de maio de 2016

Desejas-me, acaricias-me, enlouqueces-me...Com teu sexo em doçura e desejo (Poema erótico)

Desejas-me, acaricias-me, enlouqueces-me
Como um fera que guarda seu dono
Sinto-te enfurecida excitada
Sinto doçura em teu corpo
Que ondula ao sabor do meu, 
Tuas curvas dançam tão loucas
Quando me sentes tão duro
Gostas de surpresas e deliras
Gozas sozinha, teu corpo deseja
Que te dê a minha atenção,
Sinto que ferves, aqueces-me
A mente, há muito assaltada
Pelo carinho do desejo teu,
Que me deixa perdido de tesão...
Vejo em teu sexo doçura e desejo
Só tu me deixas em loucos tormentos
Sinto que da tua boca sai um beijo
Em luxuria, excitação de momentos
.

2 comentários:

  1. Belo poema.... lindo!!
    Numa imagem que nos deixa a imaginar o que vem depois do poema.
    Bela imagem!!!!

    ResponderEliminar
  2. Adorei o poema. Maravilhoso. A imagem é luxuriosa.

    ResponderEliminar