segunda-feira, 25 de julho de 2016

Jantar entre três amigos. Por baixo da mesa umas mãos ávidas, atrevidas, deliciavam-se.

Jantar de negócios entre três amigos. Gabriela, Bruno Filipe, (casados) e Jorge (Joca). Jantar animado onde as conversas foram diversificadas onde não faltaram sorrisos, anedotas, acompanhado do bom vinho verde. 
Bruno é um homem que facilmente se entusiasma quando fala de negócios. Por isso nem se apercebeu dos carinhos que o amigo Joca, disfarçadamente, ia fazendo à sua esposa, por baixo da mesa. Os dedos carinhosos de Joca, desviaram a calcinha de Gabriela e entraram dentro da sua vagina, acariciando-a, massajando-a, o que deixou Gabriela meia sem jeito pois não queria que o marido se apercebesse da ousadia do seu amigo Joca. O ambiente por baixo da mesa estava escaldante. Pela abertura das pernas nota-se que Gabriela estava a adorar os carinhos de Joca.

Pela imagem tudo indica que Joca não ficou com o menor conhecimento do que o seu amigo Bruno consigo falou. Mas com conhecimento dos dotes físicos da mulher desse, lá isso ficou.

Como reagia, caso seja mulher, se um amigo lhe fizesse um carinho assim, à mesa do restaurante?
Sendo homem teria a ousadia de fazer algo assim com a mulher do seu amigo?
Acredita que casos análogos possam acontecer?
.

7 comentários:

  1. Bom dia Dalila

    Ora aqui está um homem cheio de coragem, o Joca.
    Será que a mulher do Bruno se vai aguentar sem que as suas expressões faciais denunciem o que, por baixo da mesa, se está a passar?

    Vá lá um homem confiar num amigo e ir junto com a nossa mulher almoçar com ele. Vai lá vai.

    Um tema muito interessante que dá que pensar...

    Beijinho Dalila

    ResponderEliminar
  2. Pois eu nunca mais convido amigos para jantar em casa... hehehehehe!!
    E como disse o Nuno.... uma hora a carinha dela vai denunciar o "crime sob a mesa".....
    Bela idéia!!!!!

    ResponderEliminar
  3. Olha vc até pode não acreditar...mas aconteceu isso esse final de semana...

    Eu adoroooo!

    beijosss

    ResponderEliminar
  4. Muito sinceramente, não teria coragem de o fazer, tanto mais que, para mim, amigo é amigo e eles merecem a nossa confiança :)
    (Manuel)

    ResponderEliminar
  5. Não conseguiria aceitar tal. No entanto se fosse o meu marido a provocar-me ai sim iria adorar.
    Amigos como esse, ele não precisa de inimigos.

    ResponderEliminar
  6. Estou como diz a amiga Miúda. Com amigos desses quem precisa de inimigos?
    No entanto louvo a coragem do Joca.

    Deixo um b eijo

    ResponderEliminar
  7. tambem ja fiz isso kkkkk
    ela comia como se nao estivesse acontecendo nada mas se contorcia
    kkk

    ResponderEliminar