segunda-feira, 15 de maio de 2017

Sinto o arrepio~libidinoso no teu deslizar

São meus arrepios, excitação da tua doçura
A tua língua, suavidade que desliza em mim
Deixando-me em êxtase, libidinosa  loucura
É o teu carinho, a excitação, o meu frenesim

Sinto o meu corpo molhado por te desejar
Vou enlouquecer  por te imaginar tão doce
Desejo-te, quero simplesmente o teu beijar
E dos nossos corpos uma explosão precoce

Mas já suados e em trémulos pensamentos
Onde vagueiam sensações, insanos desejos
Penetra-me, ama-me, são doces tormentos
Quero  mais de ti, que os deslizados beijos

----

Deslize você também, comentando

4 comentários:

  1. Olha eu aqui elogiando o teu poema. Doce e maravilhoso.

    ResponderEliminar
  2. Muito bom este teu poema! A imagem é divina :)

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Oi...Depois de um tempo afastada, estou retornando aos poucos e retomei um site antigo que eu tinha no Recanto Das Letras...
    Aguardo vc lá...

    http://www.sensualeerotica.recantodasletras.com.br/

    ResponderEliminar
  4. HUMMM Filipa e eu..uma vontade louca..de lamber ;)
    Beijos VORAZES

    ResponderEliminar